17 de ago de 2008

Lenda N.º3: Paul McCartney morreu em 1966


O rock é cheio de histórias de mortos que não morreram e vivos que já morreram. Nos anos 60 os Beatles eram a maior banda do mundo e geraram tanto sucesso quanto riqueza, não só para os integrantes, mas para todos aqueles que comandam o sucesso pelos bastidores: empresários, produtores e gravadoras.

Muitos defendem que o Beatle, Paul McCartney, teria morrido em um acidente de carro em 1966. Como a banda estava em franca ascensão e ainda gerariam muito mais lucros, os empresários da banda convenceram os membros de que seria melhor substituí-lo por um sósia. Aparentemente quase todos os Beatles aceitaram, menos John Lenon, que passaria a querer sinalizar que Paul não estava mais presente, incluindo elementos que seriam pistas nas capas dos disco ou nas músicas. O sósia e Paul tinham algumas diferenças sutis que passaram a ser usadas como fonte para as pistas.

A capa do disco Sgt Pepper's Lonely Hearts Club Band (1967) é considerada uma das maiores evidências. Acredita-se que ela represente o funeral de Paul, com muitas flores e vários "convidados". Uma guitarra de canhoto feita de flores amarelas indicaria de que era o funeral (Paul era canhoto). Na capa do disco o nome da banda está "Beatles" ao invés de "The Beatles" (ok, isso pra mim não é lá uma grande evidência de nada), pois a banda "The Beatles" não existia mais, e sim outra banda. Há a imagem de Kali, uma deusa indiana da morte, que indica que aquilo é mesmo um funeral de alguém. Existem ainda outras evidências, fiquem à vontade para procurar.

Sgt Pepper's Lonely Hearts Club Band

Outro disco que indicaria a hipótese obscura é Abbey Road (1969). Ele representaria também uma marcha fúnebre dos Beatles. John está de branco, que é a cor do luto para a religião hindu. O fusca (beetle, em inglês) está na contra-mão, como se tivesse atropelado Paul. A placa do fusca tem escrito "28 If", que seria a idade de Paul se (if) não tivesse morrido. Além disso, o sósia é o único que está marchando com o passo invertido aos demais, e está descalço.

Abbey Road

Bem, dadas as evidências, fica o mistério: O Paul McCartney que vemos hoje é um sósia? Jamais saberemos...
Leia a história completa aqui.

7 comentários:

Melpomene disse...

Puft, acho que isso tudo não foi nada mais que um boato que com o tempo acabou virando um golpe de marketing.

hauihauihaiuhaiu


Ou quem sabe pode realmente ser verdade, assim como "Elvis não morreu" :P~
Tudo é possível :P


bbbbjus bicudênho...e que milagre tu atualizar !! :X~

Déa disse...

Oi, gostei da postagem... Você notou que na capa de "Abbey Road" tem um cara em pé na calçada do lado direito?? Medooo O.O

Anônimo disse...

caraca eu encontrei karl Marx na pprimeira imagem. o que eles queriam dizer?

Anônimo disse...

caraca eu encontrei karl Marx na pprimeira imagem. o que eles queriam dizer?

Unknown disse...

Esqueceu de mais dois detalhes. O cigarro na mão de Paul (cigarro mata, todos nós sabemos) e o carro fúnebre à direita da foto, 'esperando' pelo Paul.

Unknown disse...

Você se esqueceu de mais dois detalhes: o cigarro na mão direita de Paul (cigarro mata, todos nós sabemos) e o carro fúnebre à direita da foto, esperando pelo Paul.

Anônimo disse...

Você esqueceu de dois detalhes: o cigarro na mão direita de Paul (cigarro mata, todos nós sabemos disso) e o carro fúnebre à direita da foto, esperando pelo Paul.